All for Joomla All for Webmasters

51 3233 7602
pascom.menino.deus
Praça Menino Deus, 18
Bairro Menino Deus
Porto Alegre, RS

AVISOS PAROQUIAIS

 

Expediente da Secretaria Paroquial

 

Terça à sexta-feira,
das 9h às 11h30.

 

Segunda à sexta-feira,
das 13h30 às 16h30.

 

Sábados,
das 09h às 11h.

 

HORÁRIO DAS MISSAS

Terça à sexta-feira, 18h
Sábado, 16h
Domingo, 10h e às 18h

PASSO DA SEMANA

11º Passo – Celebrar

Ao descrever a última ceia, João destaca o lava-pés, como gesto simbólico da vida de Jesus, um gesto a ser imitado por seus discípulos. Ele acentua mais o acontecimento do que o sacramento, mais o significado do que o sinal. João nos convida a passar da liturgia para a vida, da memória à imitação de como Jesus viveu e como doou sua vida.

Tendo o Pai posto tudo em suas mãos, Jesus agia com plenos poderes, como Mestre e Senhor. Mas, ao lavar os pés de seus discípulos, inverte os papéis, atuando como servo. Jesus reassume o sentido de sua vida, para que permaneça para sempre na lembrança deles. Toda a vida de Jesus foi um lava-pés, um serviço aos homens, um modo de manifestar o ágape, esse amor que “não busca o próprio interesse”.

Em sua Páscoa, Jesus deu a vida por nós. Para Celebrar a Eucaristia, precisamos também dar nossa vida por nossos irmãos (cf. Jo 3,16). E nós o fazemos, “lavando os pés” uns dos outros e acolhendo os que sofrem por suas dependências. Aquele que disse sobre o pão: Isto é o meu corpo!, também o disse em relação aos pobres, fragilizados e oprimidos (cf. Mt 25,35ss). Ele instituiu também esse sinal, como instituiu a Eucaristia. No excluído, no dependente químico, no morador de rua, há uma presença do Cristo sofredor.

A encarnação nos diz que o Verbo se fez “homem”, mas o mistério pascal nos revela “que tipo de homem” o Verbo se fez: indefeso, condenado e crucificado; excluído da sociedade e do Templo. Depois de explicar aos discípulos o significado do lava-pés, Jesus disse: Sabendo disso, vocês serão felizes, se o praticarem.

Só por hoje, na graça de Deus, sobriedade e Paz!

BIBLIOTECA PAROQUIAL

"Quem não lê, aos 70 anos terá vivido apenas uma vida.

Quem lê, terá vivido 5 mil anos. Ler é uma imortalidade retroativa."

(Humberto Eco, filósofo italiano)

A Biblioteca Paroquial retoma suas atividades. Passa a funcionar aos sábados, antes da missa das 16 horas; e aos domingos, após a missa das 10 horas.

Convidamos você a retomar a hábito da leitura. Não lhe custa nada. A tomada de empréstimo é grátis. Você pega um livro, lê e devolve para pegar outro.

Três mil títulos estão à sua disposição. Inclusive os livros indicados no curso Revisitando as Fontes, tais como: Lumen gentium, Dei Verbum, Sacrosanctum Concilium, Gaudium et Spes, Documento de Aparecida, Evangelii Gaudium, Laudato Si e muitos outros.

Paróquia Menino Deus

  • 51 3233 7602
  • Praça Menino Deus, 18 - Bairro Menino Deus - Porto Alegre, RS